July 20, 2022

Pé de moça vegano, aka, nut bars

Em uma das minhas viagens ao Brasil, eu fui apresentada ao Pé de Moça.
Não sei quão antigo é esse doce porque na minha infância só conhecia o Pé de Moleque.
Ontem resolvi recriar o Pé de Moça de forma natureba-e não é que ficou bonzão!
Super fácil de fazer e fica pronto num pulinho.
Para a receita dar certinho, use tâmaras gordas e macias do tipo Medjol.
A combinação de oleaginosas fica a seu critério. Eu usei uma mistura que continha amendoim porque dá aquele sabor do doce original, mas você pode usar o que mais gosta, inclusive, sementes.
Se bater uma vontade você pode fazer como eu fiz e cobrir umas com chocolate de sua preferência ( eu fiz com amargo 90% cacau).



Ingredientes
 
2 xícaras de chá de oleaginosas tostadas e salgadas ( já compro pronta)
1 xícara bem cheia de tâmaras medjol sem a semente.
1/2 colher de chá de extrato de baunilha 
3 colheres de sopa de água ( só vai usar o que precisar).
Modo de preparo
Numa tigela média, coloque as oleaginosas e reserve.
Coloque as tâmaras no processador junto com a baunilha.
Processe até virar uma pasta ( adicione a água aos poucos se precisar para atingir a consistência de cream cheese).
Desligue o processador e despeje a pasta de tâmaras sobre as oleaginosas.
Misture com uma espátula até envolver tudo ( depois de envolver tudo, você pode fazer bolinhas aos invés de barras).
Despeje a mistura em uma forma retangular ou quadrada pequena forrada com papel manteiga.
A mistura é meio pegajosamas com jeitinho dá para espalhar sem problemas. Aperte bem a mistura na forma para compactar tudo.
Se quiser decore com  oleaginosas e leve à geladeira por 2 horas.
Remova o doce da forma segurando pelo papel manteiga, corte no tamanho e formato desejado.
Guarde o doce em potes fechados na geladeira por até 3 semanas.



Receita by: Dona Branca


July 14, 2022

Pudim de leite com cream cheese

Eu já contei aqui o meu amor/ódio por pudins.
Mas aqui e ali me bate uma vontade enorme de comer esse doce- semana passada foi o que aconteceu. 
Então eu fiz esse pudim sem culpa.
A primeira vez que eu fiz a receita eu segui tudoà risca, mas eu precisei ajustar a receita porque meu forno aqueceu demais e a receita nao ficou boa.
Fiz a receita de novo, e ai sim saiu excelente, mas apenas metade porque dois pudins inteiros em uma semana e de quebrar as pernas e a cintura.

A receita vai na íntegra e os meus ajustes entre parênteses.



 Ingredientes

1 lata de leite condensado
1 lata de leite (use a lata do leite condensado para medir)
160 gramas de cream cheese em temperatura ambiente
3 ovos (usei 4 gemas)
1 colher (café) de extrato de baunilha ( usei 1/2 de sopa de extrato)
3/4 de xícara de açúcar 

Modo de preparo

Aqueça o forno a 200ºC ( no meu forno precisei colocar a 160ºC)
Leve ao fogo uma chaleira com água e desligue assim que ferver ( eu não deixo a água ferver porque não é necessário e ainda pode deixar seu pudim com furinhos).
Leve ao fogo uma forma de pudim com o açúcar, em fogo baixo até derreter o açúcar ( eu deixo um caramelo bem escuro com um leve gosto de queimado. ). 
Mexa somente o necessário para que o açúcar não queime 
Com o caramelo pronto, gire a forma e use uma colher para caramelizar.
Em uma tigela coloque o cream cheese, comece a bater usando um fouet (batedor de arame), em seguida adicione um ovo de cada vez, batendo bem até obter um creme aveludado e uniforme.Nesse momento coloque o leite condensado, o leite e o extrato de baunilha. 
Misture muito bem os ingredientes, despeje a mistura na forma.
Se a sua forma não tiver tampa é só fechar com papel alumínio.
Peque uma panela ou forma um pouco maior que a forma de pudim e que possa ir para o forno, coloque um pouco da água quente reservada ( eu coloco água até alcançar 3/4 da forma de pudim).  
Acomode a forma de pudim e leve ao forno para assar em banho-maria por aproximadamente 50 minutos ( o meu levou 2 horas à 160ºC).



Receita adaptada de: Simples Assim

Muffins Ingleses

Nos já estamos tão acostumados com muffins que logo pensamos naqueles bolinhos doces ou salgados feitos nas forminhas de muffins.
Mas esta receita se trata de um pão. 
Embora não seja tradicional do nosso cardápio brasileiro, você certamente irá encontrar, comer e gostar de viajar por estas bandas. 
Mas você não precisa viajar para comer este pãozinho delicioso.
Eu não gosto versões compradas porque a maioria além de serem secas também não tem gosto de nada.
Eu  não usei o ovo na mistura e honestamente não acho que precisa. 
Essa massa  é muito grudenta, mas é assim mesmo. 
Assista ao vídeo, está em inglês, mas vai te ajudar a ver a consistência e o processo.


Ingredientes 

2 3/4 xícaras de farinha de trigo (330g) 
2 1/4 colher de chá de fermento instantâneo ou de ação rápida um pacote  
1 colher de chá de sal 
2 colheres de chá de açúcar 
3/4 xícara de leite (180ml) 
1/2 xícara de água (120ml) 
3 colheres de manteiga (42g)  
1 ovo grande, temperatura ambiente (não usei) 
farinha de milho para polvilhar ou sêmola 

 Modo de preparo

Combine o leite, água e açúcar em uma tigela ou copo medidor de vidro, em seguida, mexa e aqueça no microondas a 43C (110F), adicione o fermento e mexa mais uma vez.  
Deixe de lado por 5-7 minutos ou até que uma espuma  se desenvolva.
Enquanto o fermento acorda, misture a farinha e o sal na tigela da batedeira  e encaixe com o acessório de pá. 
Misture o ovo e a manteiga derretida na mistura de leite e, em seguida, despeje lentamente o líquido na mistura de farinha na batedeira em velocidade baixa.  
Aumente a velocidade para média-alta e misture por cerca de 7 minutos ou até a massa ficar elástica e lisa.
Transfira para uma tigela grande untada com óleo e cubra com plástico. 
Deixe dobrar de tamanho em um local quente (cerca de uma hora).  
Nesse momento, você também pode refrigerar a massa durante a noite e pela manhã retire 1 hora antes de modelar a massa.
Transfira a massa para uma bancada enfarinhada e, em seguida, espalhe suavemente com suas mãos e espalhe até ficar com  2 1/2 centímetros espessura.  
Forre duas assadeiras com papel manteiga e polvilhe com fubá ou sêmola.
Use um cortador redondo de 7.62 diâmetro  para cortar seus muffins e, em seguida, transfira-os suavemente para as assadeiras preparadas usando uma espátula ou as mãos.
Enrole novamente as sobras e continue cortando até que a massa acabe.  
Cubra frouxamente com plástico e coloque em um local quente para crescer por cerca de 30 minutos.
Coloque uma frigideira grande em fogo  baixo.  
Quando sentir o calor ao colocar a mão alguns centímetros sobre a superfície, polvilhe a superfície com fubá ou semolina e coloque cuidadosamente 3-4 muffins na panela.  
Cubra e cozinhe por 5-6 minutos.  
Em seguida, vire com cuidado e cozinhe por mais 5-6 minutos.
Limpe a farinha de milho velha da panela, adicione uma pitada fresca e cozinhe os muffins restantes. Aproveite quentinho!  
Se você ainda não fez isso antes, é melhor cozinhar um muffin de teste para sentir a sensação.
Uma frigideira de ferro ou chapa de ferro fundido é melhor para cozinhar os muffins.
Você precisará cozinhá-los em lotes, certifique-se de escovar o excesso de semolina para que não queime. Use uma faca serrilhada para abrir os muffins quando estiver pronto para servi-los ( mas a forma certa é usar um garfo) .  
Os muffins ingleses são melhores servidos tostados na tostadeira ( corte ao meio e toste). 
Os muffins ingleses assados mantêm-se bem em um recipiente hermético por 3-5 dias ou podem ser congelados por até 3 meses.

Receita by: Preppy kitchen

 

O jeito certo de abrir um Muffin Inglês 



Muffin veganos de farinha de espelta e mirtilo

Nada como muffins veganos fresquinhos a qualquer hora do dia, mas prefiro os meus aos Domingos para o desjejum.
Eu ajustei a receita um pouco por questão de preferência, mas julgando pela quantidade de pessoas que deram 5 estrelas, vale a pena testar.

Ingredientes
 
2 xícaras de chá de farinha de trigo ( usei espelta)
1 e 1/2 colheres de chá de bicarbonato de sódio (usei fermento para bolo)
1 xícara de chá de amêndoas sem açúcar (1 xícara de chá e 1/4 de leite de amêndoas )
1/3 de óleo de sabor suave (1/4 de xícara de chá)
3/4 a 1 xícara de chá açúcar ( usei 1/4 de Truvia)
1 e 1/2 de xícara de chá de mirtilos congelados ou fresco (usei congelados)
1 colher de sopa de vinagre de maçã ( usei as raspas de um limão inteiro e usei o suco também)
1/2 colher de chá de sal (usei 1/4)

Modo de preparo
 
Preaqueça o forno a 200⁰C (400⁰F) por 15 minutos.  
Unte levemente uma forma de muffin ou forre-as com papel de muffin.Reserve.
Em uma tigela média, misture a farinha, o bicarbonato de sódio, o sal e as raspas de laranja, se estiver usando.
Em uma tigela grande, misture o açúcar, o leite, o óleo, o suco de limão ou o  vinagre. Misture bem.
Adicione os ingredientes secos aos ingredientes molhados e mexa apenas até combinar. Não mexa demais.
Misture delicadamente os mirtilos usando uma espátula de silicone.
Encha as forminhas de muffins cerca de 2/3. 
Asse a 200⁰C (400⁰F) por cerca de 15 minutos e reduza a temperatura para 190⁰C (375⁰F) e asse por mais 7-8 minutos ou até que um palito de madeira inserido no centro saia limpo. 
Retire do forno e deixe esfriar por 5 minutos.  
Depois disso, retire os muffins das formas e esfrie-os em uma gradinha.
 

 
Receita adaptada de :Eggless Cooking

July 8, 2022

Pão de alho do restaurante Olive Garden

Quem já comeu nesse restaurante, certamente conhece esse pãozinho de alho no formato de mini baguetes.
Muitas vezes passo por lá só para comprar os pães porque mesmo depois de testar umas 15 receitas eu ainda não tinha conseguido um resultado satisfatório ( pensa na tristeza).
Até que semana passada tive uma luz enquanto comia Naans...
Resolvi usar a mesma receita e não é que ficaram perfeitos!
Dobrei a receita e fiz pães com 70 gramas cada.Mas da próxima vez por fazer com 50 ou 60 gramas para ficarem um teco mais magrinhos.


Ingredientes da massa

2/3 xícara (160ml) de água morna
pitada de açúcar granulado  
1 pacote (7g) de fermento seco ativo  ( se dobrar a receita use  10 gramas)
1 3/4 xícaras (250g) de farinha de trigo comum ( um pouco mais  se necessário)
2 colheres de sopa de iogurte natural integral ou grego 0%
3 colheres de sopa (45ml) de manteiga derretida  
3/4 colher de chá de sal marinho ou sal kosher 

 Modo de preparo da massa
 
Na tigela grande da batedeira , misture a água, o açúcar, o fermento e 3/4 de xícara (110g) da farinha (eu fiz à mão).
Deixe descansar por 30 minutos; a mistura ficará espumosa. 
Adicione 1 xícara (140g) de farinha restante junto com o fermento, o iogurte, 3 colheres de sopa de manteiga derretida e o sal; amasse em velocidade média por 5 minutos.  
A massa ficará macia, mas se grudar nos dedos, acrescente mais 2 ou 4 colheres de sopa de farinha. 
Cubra a tigela com um pano de prato e deixe a massa descansar por 30 minutos.
Passados os 30 minutos, dívida a massa em 5 ou 6 porções dependendo do tamanho que você gosta do seu pão.
Abra cada pedaço numa bancada enfarinhada, formando um rocambole e enrole pelo lado mais longo formando uma baguete.
Dobre as pontinhas do final das baguetes para baixo 
Coloque as baguetes em uma forma forrada com papel manteiga, cubra as baguetes com um pano de copa sem pêlos e deixe até quase dobrar de volume.
Coloque os pãezinhos no forno e ligue à 193⁰C  (380⁰F) por cerca de 15 a 20 minutos.
Retire do forno e pincele com a cobertura.

Ingredientes da cobertura 

2 colheres de sopa de manteiga 
3 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem 
1/2 colher de chá de sal 
2 dentes de alho amassados ( amasse até quase virar uma pasta). Se você preferir pode usar alho em pó 1/2 colher de chá.

 Modo de preparo da cobertura 

Coloque tudo numa panelinha e leve ao fogo baixo para o alho cozinhar um pouquinho.
Não deixe o alho dourar. 
Reserve e pincele nós pães assim que saírem do forno.
Sirva os pães quentes.
O que sobrar, guarde na geladeira e na hora de servir e só colocar no forno à 180⁰C ( 350⁰F) por 15 minutos.
Se você for servir estes pães com o clássico Fettuccine Alfredo, aqui está a receita do molho.


Receita adaptada do Naan
 










June 30, 2022

Farinha dourada de banana da terra

Essa farinha eu criei por pura necessidade porque não tinha mercado brasileiro aonde eu morava e pedir um único saquinho de farinha, saía mais caro para entregar do que o produto em si.
Então eu lembrei da infância e das bananas verdes do quintal...a luz acendeu e desde então faço essa farinha para substituir a farinha de mandioca assada e a farinha de rosca em empanados.
Essa farinha não tem gosto nem cheiro de banana. Não e doce e se assemelha muito com as compradas.
Essa versão dourada, não é muito indicada para bolos, mas fica ótima em biscoitos, panquecas americana, serve para engrossar caldos também.
O essencial é escolher bananas da terra na cor certa- a banana deve estar verde  sem nenhum traço de cor amarela. 
Para nós que moramos aqui o ideal é usar a banana Plantain. Essa variedade é melhor usar quando a casca sai do verde escuro para o verde médio porque a casca da banana é bem difícil de tirar quando a banana está verde demais.
 


Ingredientes
 
4 bananas da terra  verdes ( usei 4 pq é o que cabe na minha forma grande. Use quantas couber na sua forma.
1 pitada de sal
1/2 colher de sopa de óleo de coco sem sabor 
 
Modo de preparo 
 
Descasque e corte as bananas em rodelas  de 1 centímetro.
Coloque numa tigela com o sal e o óleo de coco.
Mexa bem e coloque as rodelas numa forma forrada com papel manteiga.
Leve ao forno à 193⁰C ( 380ºF)  por cerca de 35 minutos.
As rodelas de bananas estarão prontas quando ficarem douradas com um toque de morrom.
Espere esfriar e bata aos poucos no liquidificador até virar uma farinha.
Deixe mais grossa ou mais fina depende do do uso.
Deixe esfriar e guarde em pote de vidro bem fechado, guarde na geladeira por até 3 semanas.





Receita by: Dona Branca





June 28, 2022

Flan de cerejas frescas iogurte e limão siciliano

A melhor coisa do verão são as frutas frescas!
Finalmente as tão esperadas cerejas chegaram.
E finalmente pude fazer o flan de cerejas.
Esse tipo de flan não é doce, portanto, o dulçor depende da fruta para obter um sabor harmônico.
A fruta deve ser madura e docinha, não use nenhuma fruta que esteja muito madura porque ele pode acabar se despedaçando por todo o flan.
Eu usei as cerejas com os caroços porque não queria que manchasse todo o flan.
E claro que você pode tirar os caroços, apenas lembre desse detalhe. Essa receita é  essencialmente a receita do  flan de iogurte, limão e framboesa daqui do blog. Mas, para este flan de cerejas, eu ajustei as quantidades para o tamanho específico de uma forma que eu tenho. 
Portanto, se vc quiser um flan menor, siga a receita do flan de framboesa, não esqueça que a receita rende bem, e metade já dá um flan bom para uma família de 4 a 5 pessoas.





Nesta receita será usada xícara com capacidade para 250 ml 
A forma usada mede, 26 cm de diâmetro por 3 centímetros de altura.


Ingredientes
 
1 xícara de chá de iogurte grego natural (usei Fage 0% de gordura).
3  e 1/4 de xícaras de chá de leite integral
1/4 de óleo sem sabor
2 ovos inteiros
1/3 de xícara de chá de açúcar 
1 xícara e 1/4 de farinha de trigo 
Raspas de 2 limões siciliano e o suco de 1 deles.
24 unidades de cerejas lavadas ( mais a gosto, se desejar).
 
Modo de preparo 
 
Ligue o forno à 180⁰C  ( 350⁰F).
Unte e enfarinhe uma forma, se for de louça ou uma boa antiaderente, não precisa.
Em uma tigela grande, misture todos os ingredientes  líquidos, incluindo os ovos, até ficar tudo lisinho.
Adicione o açúcar e mexa.
Em outra tigela, coloque a farinha e metade das raspas de limão siciliano .
Despeje um terço do líquido sobre a farinha e mexa.
Vá colocando o líquido aos poucos e mexendo bem a cada adição para evitar pelotas.
Experimente a massa, se achar que não está doce para o seu paladar, adicione um pouco mais, porém, lembre que a massa deve ficar levemente doce.
Despeje a massa na forma e espalhe as cerejas e polvilhe com o restante das raspas de limão.
Leve ao forno até dourar as bordas ( cerca de 45 minutos).
Retire do forno e deixe esfriando.
Depois de frio a sobremesa pode ser servida, mas tradicionalmente, se serve depois de umas 3 horas na geladeira.
O que sobrar guarde em geladeira por até 1 semana 





Fiz a versão de pêssegos fresco também.